Área Restrita:
Esqueci a senha
Portal Ciesp > Departamentos > Segurança

Segurança

Segurança

Departamento de SEGURANÇA

INTRODUÇÃO

O Departamento foi criado por força da atual conjuntura, criminal, econômica e social, situação na qual a área vem se destacando, por conta das Indústrias e Empresas possuírem uma segurança forte capaz de atender aos riscos a qual elas estão inseridas.

Atualmente, nota-se o grande números de ataques direcionados às empresas, em seu patrimônio, tanto quanto ao pequeno furto e a fuga da informação, como também às invasões, os roubos de carga, as paralisações, ocorrências que afetam os negócios da indústria, bem como nosso maior patrimônio que é a vida.

E neste sentido, a Indústria, através da área de Segurança Empresarial, deve focar suas ações no sentido de propiciar um ambiente seguro de trabalho para seus colaboradores, preservando sua integridade física, aliada a defesa do patrimônio industrial.
 
A SEGURANÇA EMPRESARIAL

O CIESP-Campinas, representante de uma das mais significativas regiões do Estado de São Paulo, está inserindo este Departamento em sua estrutura, a partir de 2017, por entender que se trata de mais uma demanda das empresas, em face do cenário criminal / social atual, o qual afeta diretamente os negócios da indústrias e empresas.

Independentemente da atividade fim da Indústria, a Segurança é algo fundamental. As margens de lucro estão cada vez menores exigindo das organizações estruturas enxutas e uma grande preocupação com a prevenção de perdas. O preço dos seus produtos e/ou serviços estão ligados diretamente ao mercado, logo a sua margem de lucro será tanto maior quanto menores forem as perdas. Para o gestor de segurança é preciso conhecer as causas das perdas, e, consequentemente, para isso todos os processos da empresa. Sendo assim, fica evidente que este profissional  precisa de uma visão holística, uma vez que sua atuação será nos dois extremos, ou seja, um delito interno (furto, por exemplo), além de uma questão de maior expressão, como uma invasão à empresa.

As Indústrias não podem se abster de tratar desse tema em suas particularidades, considerando seus riscos, suas vulnerabilidades, seus pontos fracos, e, desta forma, observando de forma sistêmica a iminência de ocorrência real, a qual com certeza impacta nos negócios da empresa e da indústria, trazendo perdas financeiras, exposição indevida, sem contar com os demais impactos negativos a corporação.

Rodrigo Villela Dirani
Diretor de Segurança Empresarial
 
Marco Aurelio Alves Pereira
Coordenador do Programa de Proteção Industrial

Clique nos links abaixo para conhecer mais!


- OBJETIVO DO DEPARTAMENTO

- MISSÃO DE DEPARTAMENTO

 - ATUAÇÕES DO DEPARTAMENTO

- PROGRAMA DE PROTEÇÃO INDUSTRIAL - PPI
  
- CRONOGRAMA DE REUNIÕES

-  FALE CONOSCO