Portal Ciesp > Notícias > CAMPINAS METRÓPOLE

Noticías

CAMPINAS METRÓPOLE26/06/2020Carla Marins, Comunicação CIESP Campinas
arquivo sem legenda ou nome
Campinas alcança a chancela de Metrópole, nesse dia 25 de junho, em divulgação do IBGE, passando a ser a única cidade metrópole que não é capital. A metrópole conta com a parceria do CIESP Campinas, uma das regionais de maior reprentatividade, das 42 Diretorias Regionais do Estado. “A nossa metrópole tem representatividade em âmbito nacional, e o CIESP Campinas caminha lado a lado com toda a indústria e o empresariado de Campinas. Contem sempre conosco”, enaltece do diretor titular do CIESP Campinas, José Nunes Filho.
arquivo sem legenda ou nome
“Na nossa região, continuamos confiantes no futuro, embora as grandes adversidades da pandemia, temos avançado sem cessar na área de Ciência e Tecnologia, novos parques tecnológicos estão sendo planejados, novas empresas de base tecnológica aqui permanecem se instalando, startups surgindo e a relação entre a academia e o setor econômico está cada vez mais afinada, graças ao empenho da FFCi-Fundação Fórum Campinas Inovadora, da Inova-Agência de Inovação da Unicamp, das entidades empresariais e da classe política local", descreveu o diretor Nunes.

Campinas é a segunda cidade que não é capital, com o maior PIB do país - perde somente para Osasco (Grande São Paulo), no quesito Produto Interno Bruto. Segundos dados de dezembro de 2019, a cidade tem o 11º PIB mais alto do país, à frente de 18 capitais - entre elas Recife (PE), Goiânia (GO), Belém (PA) e Florianópolis (SC).
arquivo sem legenda ou nome
 “No setor de logística, nossa luta de muitos anos pela privatização do Aeroporto de Viracopos já concretizada, tem frutificado permanentemente, e hoje assistimos a um fantástico desenvolvimento no seu entorno e grandes investimentos em toda a RMC atraídos por essa fantástica âncora de geração de riquezas e empregos”, declara José Nunes.
arquivo sem legenda ou nome

O Aeroporto Internacional de Viracopos é hoje o melhor Terminal de Carga do Mundo na categoria até 400 mil toneladas/ano. O TECA de Viracopos é um dos mais importantes e movimentados do Brasil e hoje é o maior do país em valor FOB de carga importada, chegando a operar 37% do valor dos embarques aéreos da importação do Brasil. Além de contar com uma ampla e moderna estrutura para movimentação, armazenamento e liberação de cargas, o TECA é responsável por processar aproximadamente 33% do peso de toda carga aérea importada no país. Também foi eleito pelos passageiros o Melhor Aeroporto do Brasil no 3º trimestre de 2019 na pesquisa de satisfação realizada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC), divulgada nesta quinta-feira (07/11). Esse é o 12º trimestre que Viracopos é eleito o melhor do Brasil desde o início da concessão, em 2013, quando foram iniciadas as pesquisas do governo federal.
 
Metrópole tem principal projeto científico do governo federal
 
Campinas abarca hoje o principal projeto científico do governo federal, o Sirius obteve imagens a partir dos primeiros feixes de luz síncrotron de 4ª geração produzidos no Brasil. Maior complexo científico do país recebeu 29,4% do orçamento previsto para 2019.
 arquivo sem legenda ou nome
O Sirius é um laboratório de luz síncrotron de 4ª geração, que atua como uma espécie de "raio X superpotente" que analisa diversos tipos de materiais em escalas de átomos e moléculas. Atualmente, há apenas um laboratório de 4ª geração de luz síncrotron operando no mundo: o MAX-IV, na Suécia. O CNPEM é a organização social responsável pelo Projeto Sirius.
 
Atores Regionais da Inovação – Tendência na Metrópole

Com história e cultura agrícola, advinda do café, Campinas avançou e expandiu o seu potencial, de acordo com suas vocações e potencialidades, e, hoje tem a chancela de metrópole e cidade do conhecimento e da inovação.

José Nunes Filho, diretor titular do CIESP Campinas, fala sobre essa intensa articulação entre os entes envolvidos, a Fundação Fórum Campinas Inovadora, representando a Unicamp, PUC-Campinas e os Institutos de Pesquisa; a Prefeitura de Campinas através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e Turismo; os parques tecnológicos e entidades do setor produtivo, “em especial o CIESP, que tem participado ativamente, com intenso protagonismo, do processo”, comenta Nunes, valorizando o trabalho da entidade.arquivo sem legenda ou nome

Os líderes regionais são incisivos ao afirmar que a região de Campinas tem um ecossistema de inovação e empreendedorismo que cresce dia a dia, mesmo em momentos de pandemia.
arquivo sem legenda ou nome
As cidades de Campinas (SP), Vitória (ES) e Florianópolis (SC), anteriormente consideradas capitais regionais foram elevadas neste ano à categoria de metrópole pelo Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE), assim o país contempla agora 15 metrópoles, 5 delas na região sudeste.
 
Arranjos populacionais

Fonte: Estadão
Os arranjos populacionais são classificados em cinco níveis: metrópoles, capitais regionais, centros sub-regionais, centros de zona e centros locais. Para fazer a classificação, o IBGE considera a presença de empresas e de órgãos públicos, o nível de atratividade que a cidade exerce sobre populações de outras cidades para adquirir bens e serviços, e a região de influência da cidade.

Contando com Campinas, Vitória e Florianópolis, 485 cidades subiram de nível hierárquico da pesquisa de 2007 para a de 2018. A grande quantidade empresas e instituições públicas, além de possuírem expressiva atratividade para bens e serviços, pesou na ascensão das três novas metrópoles do País.

"Campinas é um polo tecnológico muito importante, tem uma universidade sempre lembrada nos principais rankings universitários", afirmou Bruno Hidalgo, gerente de Redes e Fluxos Geográficos do IBGE, referindo-se à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
arquivo sem legenda ou nome
O pesquisador lembrou ainda que Campinas está num importante eixo logístico para a economia brasileira. A cidade é cortada por algumas das mais importantes rodovias do País e sede do Aeroporto Internacional de Viracopos.
 
Compartilhar:
Comentários:Nenhum comentário foi publicado.

Deixe aqui seu Comentário:

Nome:
Empresa:
Comentário: