Whatsapp
Portal Ciesp > Notícias > CIESP-CAMPINAS presente na inauguração do Mescla, coworking da PUC-Campinas

Noticías

CIESP-CAMPINAS presente na inauguração do Mescla, coworking da PUC-Campinas04/02/2020O espaço Mescla conta com um laboratório digital e uma inovadora área de coworking
arquivo sem legenda ou nomeO Espaço Mescla, totalmente voltado para empresas, empreendedores, universitários e pesquisadores, foi aberto a toda comunidade nesta terça-feira (4), reunindo autoridades, pesquisadores, comunidade acadêmica e empresários, em cerimônia solene de inauguração no Campus I da PUC-Campinas.
arquivo sem legenda ou nome
Representando o CIESP-Campinas, esteve presente o diretor titular, José Nunes Filho, o qual afirmou que nesse momento a navalha da mudança de paradigma é o que dá o input e consolida a Era da Indústria 4.0. “Mais surpreendente é o universo de jovens empresas formando um ecossistema de enorme vitalidade, baseado em tecnologia e inovação, que atrai cada vez mais investidores para a nossa região e gera como resultados negócios inovadores em escala mundial”, refletiu José Nunes Filho.
arquivo sem legenda ou nome
Assim segundo o diretor do CIESP-Campinas a convergência de ações, por meio da parceria Empresa-Universidade, se faz presente e peça fundamental para essa guinada em tempos de revolução tecnológica e industrial”, ressaltando a parceria do CIESP-Campinas com a PUC-Campinas, por intermédio de diversas ações e projetos já realizados em conjunto. “A casa da indústria, bem como essa universidade, está de portas abertas para receber e dialogar com esses novos empreendedores e geradores de negócios”, consolidou.

Também prestigiou o evento o evento, o diretor do SESI Amoreiras, André Luís Martins da Silva.
Participaram da cerimônia o Grão-Chanceler da PUC-Campinas, Arcebispo Dom João Inácio Müller, o Reitor Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, o Vice-Reitor Prof. Dr. Pe. José Benedito de Almeida David, Pró-Reitores, o Vice-Prefeito Henrique Magalhães Teixeira e o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico André Von Zuben.
arquivo sem legenda ou nome
O espaço, constituído do Coworking e do Laboratório de Fabricação Digital, será um local de integração de estudantes, pesquisadores e professores de diversas áreas e cursos da Universidade com empreendedores, empresas, outras instituições de ensino e pesquisa, investidores e comunidade em geral.

“Esse é mais um avanço da Universidade, um passo novo para o futuro. Mas não vamos parar por aqui, vamos avançar na abertura de espaços para a comunidade. Precisamos preparar a Universidade para dar respostas a perguntas que nos farão daqui há 10 anos. Temos que ser vanguarda, ponta de lança”, disse Dom João Inácio.
arquivo sem legenda ou nome
O Reitor Germano destacou que o Mescla vai ao encontro dos princípios das Pontifícias. “A Universidade tem a responsabilidade de contribuir com a comunidade, em especial com os mais pobres e com os grupos minoritários. Esse espaço é importante não só para a Universidade, mas também para toda Campinas e região. Vamos tratar pesquisa e tecnologia relacionadas a questões que afetam o setor produtivo, a vida da cidade e a nossa região. Será uma parceria, um encontro com a comunidade local”, afirmou.
arquivo sem legenda ou nome
O objetivo do Mescla é ser um espaço de reunião, troca de experiências, de ideais, com estrutura e equipamentos que auxiliem no desenvolvimento de projetos inovadores e na criação de novas empresas de tecnologia ou de outras áreas que solucionem problemas da comunidade.

O vice-prefeito destacou a importância da iniciativa da PUC-Campinas para a Região Metropolitana de Campinas. “Parabenizo a PUC-Campinas pela visão que está tendo não só em relação aos seus alunos, mas também sobre a questão social, do desenvolvimento da cidade e em relação à região onde a Universidade está inserida. Esse espaço voltado para inovação e tecnologia também une mercado, academia e outras instituições, auxiliando até os alunos a realizarem networking dentro da própria Universidade”, disse.

O secretário André Von Zuben disse que a inciativa da PUC-Campinas está em sintonia com o modelo de desenvolvimento de Campinas. “Ter um espaço que, além de auxiliar na formação de seus alunos, também serve à comunidade e ajuda empresas que estão nascendo. A PUC dá um salto com essa iniciativa”, afirmou.
 arquivo sem legenda ou nome
Espaço Mescla
O nome Mescla vem do propósito de misturar diferentes áreas de conhecimento, academia, comunidade e diferentes agentes de processos de inovação e empreendedorismo. O espaço estará aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, e aos sábados, das 8h às 14h, com agendamento.
arquivo sem legenda ou nomearquivo sem legenda ou nome
O Coworking terá cinco salas com 20 posições, um espaço compartilhado com 20 posições, miniauditório para 40 pessoas e sala de reunião para 15 pessoas. O Fablab tem 45 cadeiras nas bancadas, com quatro impressoras 3D, duas cortadoras a laser, uma cortadora seccional, uma fresadora e 10 computadores.

Coworking
No Mescla Coworking, empreendedores poderão utilizar o espaço físico e sua estrutura, como telefones, internet, local para reuniões e teleconferências. Para isso, podem candidatar-se membros da comunidade acadêmica (alunos, professores e funcionários), profissionais liberais ou empresas, já em atividade, com CNPJ constituído.

Para candidatura, basta enviar uma manifestação de interesse para o e-mail mescla@puc-campinas.edu.br. Após o recebimento, será enviado um Formulário de Candidatura, que será avaliado pela Comissão de Análise do Ecossistema Mescla, que decidirá a possibilidade de admissão.
 
Os cursos serão em diversas áreas, como a de administração, contabilidade, marketing e outros temas que auxiliem os envolvidos nas novas empresas em formação a terem sucesso em seus negócios. O primeiro será dia 11 de fevereiro, gratuito, e as inscrições podem ser feitas no endereço https://www.puc-campinas.edu.br/mescla/ .
 arquivo sem legenda ou nome
Fabricação Digital
O Laboratório de Fabricação Digital, que funcionará no mesmo prédio, fornecerá equipamentos e programas necessários para a construção de protótipos. O local já conta com quatro impressoras 3D, fresadoras, cortadoras laser, termomodeladora, furadeiras de bancada, lixadoras, seccionadoras, máquina de costura, esmerilhadeira e outros equipamentos.

O uso será gratuito para a comunidade externa pelo menos uma vez por semana, tendo auxílio de técnicos. O usuário pagará somente pelos insumos que forem utilizados na fabricação dos protótipos.
 
Ele poderá utilizar desde os programas de computador para desenhar esses protótipos até sua confecção em diferentes materiais. Poderão ser utilizados acrílico, MDF, plásticos para 3D e diferentes circuitos. O laboratório também incentivará a utilização de material de reciclagem em sua produção.
 
Compartilhar:
Comentários:Nenhum comentário foi publicado.

Deixe aqui seu Comentário:

Nome:
Empresa:
Comentário: